A elevação do Cruzeiro foi o ponto alto do encerramento da Semana Missionária, realizada entre os dias 15 a 22 de abril em nossa comunidade. A cruz foi carregada por alguns jovens e adolescentes de nossa comunidade e colocada na praça São Vicente Palotti, que fica ao lado da paróquia. O cruzeiro é o símbolo que somos uma Igreja missionária.

A missa de encerramento foi celebrada pelo nosso pároco, padre Bruno Áthila, e cocelebrada pelo nosso vigário paroquial, padre Pedro Ramos de Faria.

Durante a semana, a comunidade saiu em missão, visitando os enfermos, os moradores dos setores missionários, o comércio, pastoreando que as pessoas que estavam mais afastadas. Sendo bons pastores, conduzindo as ovelhas que ainda não fazem parte do rebanho. “Temos muita gente que precisa ser bom pastor”, disse o padre Pedro em sua homilia.

Ele pediu para renovarmos as promessas do batismo e assumirmos o compromisso de sermos missionários de Jesus, principalmente os jovens, que tem o carisma de pastorearem a juventude.

Batismo da pequena Rafaela

Por coincidência, houve um batizado na celebração de encerramento da Semana Missionária. O batismo da pequena Rafaela, de 1 ano, foi um toque especial a este momento histórico para a nossa paróquia, servindo de testemunho de que sempre é possível conduzir o rebanho para a Igreja. “A Rafaela já é uma missionária. Ela já trouxe muita gente para a Igreja. Muitos estão aqui por causa do batizado dela”, disse padre Pedro em sua homilia.

No final da missa, ouvimos os depoimentos de jovens, de agentes de pastorais e de pessoas que receberam a visita dos missionários. Todos relataram a emoção e a graça de ir encontro do outro, de levar a Palavra e o amor de Deus. Foi realmente uma semana para sentir o sabor do ardor missionário e para ficar na memória de nossos paroquianos.

Testemunhos

Testemunho de Cícera Grosso, da Pastoral da Saúde durante sua fala

“Foi muito gratificante. Ver no olhar as pessoas que elas estão felizes com a presença da gente. Não me esqueço deles perguntando: ‘Quando vocês vão voltar?’ É uma experiência muito boa que se alguém tiver a oportunidade faça, porque é gratificante. Só temos a agradecer”.

Cícera Grosso, da Pastoral da Saúde, sobre a visita a uma casa de repouso

Testemunhos do adolescente Gabriel e da jovem Isabela

“Visitamos uma casa com uma jovem que não participava mais da igreja. Ela contou que já tinha participado de grupo quando era adolescente e ai surgiu a oportunidade de fazer o convite para ela participar do Arcanjos. Essa visita plantou uma sementinha no coração dela para que possa buscar novamente a vida em comunidade.”

Isabela Torquato, Grupo de Jovens Arcanjos de Maria

“Ficamos muito dentro da paróquia e não saímos muito para fora, não conhecemos muito a realidade da igreja. E com a Semana Missionária e as visitas pudemos conhecer a realidade do pessoal mais velho, que não vive a nossa realidade. Visitei uma casa de uma mulher que me atendeu super bem. Ela estava fazendo um lanche e parou tudo para vir conversar com a gente. Conseguimos falar sobre os grupos de oração. Ela tem filhos e acho que conseguimos arrebanhar dois meninos para o Raio.”

Gabriel Ângelo Dal Pozzo Ferreira, Grupo de Adolescentes Raio de Luz

 

Testemunho do casal Nair e Carlos Yenes

“Sou ministro há mais de 20 anos e sempre tive Cristo vivo na minha mão. Mas a experiência de ter Ele durante um dia dentro da sua casa é uma graça especial. Ninguém imagina a felicidade que sentimos em ter Cristo Vivo em nossa casa. Recebemos a visita de muitos amigos, paroquianos que vemos só aqui na missa. O nosso grupo nos ajudou muito. As senhoras do grupo arrumaram o ambiente e deixaram tudo maravilhosa. No final, Cristo deixou um recado para todos nós. Apareceu uma moça no meu portão pedindo um pacote de fraldas geriátricas para os avós. Por acaso, na semana anterior completamos 50 anos de casados e pedimos de presente fraldas geriátricas para doação ao Instituto do Hospital do Câncer. Entendi isso como um recado do Deus Vivo, que nos manda sermos mais generosos e abrir a nossa casa para quem nos procura.”

Nair e Carlos Yenes, casal do setor missionário 1, que recebeu a visita do Santíssimo

Testemunho de dona Cristina, entre duas missionárias

“Eu participo de outra igreja e recebi a visita e fiquei muito feliz porque estava precisando naquele momento que elas viessem. Deus enviou elas”.

Cristina Matsumara, que recebeu a visita de duas missionárias

Galeria De Fotos

Flickr Album Gallery Powered By: WP Frank
abalorios de pandora abalorios de pandora