A nossa paróquia abriu as portas nos dias 5 e 6 de agosto, sábado e domingo, para receber o retiro de “Reavivamento da Fé Carismática” para os servos dos grupos de oração do Decanato Centro. Foram dois dias de pregação com o missionário Márcio Mendes, da Canção Nova.

Na benção final, padre Pedro afirmou que os “grupos de oração estão se acabando por que os servos não querem ser Maria e Marta. Não têm mais paciência para ouvir. Vamos ser amigos uns os outros. Foi Jesus quem trouxe vocês aqui e fez uma tenda dentro do teu coração”, disse o padre.

Um dos momentos mais emocionantes foi quando o padre, inspirado pelo Espírito Santo, mudou a programação e passeou com o Santíssimo entre os servos (veja vídeo no final da matéria). Mas não foi um simples passeio. De mãos dadas os servos formaram uma tenda para o Santíssimo. Essa tenda ia se abrindo conforme o Santíssimo passava. Foi um momento de muita adoração e reavivamento da fé carismática.

As pregações levaram os servos à reflexão sobre os medos interiores, o papel do servo, como lidamos com as pessoas a quem queremos bem e, principalmente, como podemos ser íntimos de Deus.

“Onde a fé é pouca o medo domina a gente”. Com essa afirmação, Márcio Mendes levou os participantes a refletirem que uma pessoa dominada pelo medo é uma pessoa escravizada e um joguete na mão do diabo. “Não fomos feitos para sermos dominados pelo medo, porque temos Jesus nas nossas vidas. E não temos nada a temer, pois para Jesus o impossível se torna possível”, disse.

O missionário falou sobre o seu livro “Como se dar bem com quem você quer bem”, em que aborda como lidar dos nossos relacionamentos sejam de amizade, amorosos, familiares. “É fácil conviver com quem você não gosta. É simples, ele fica lá e você aqui. Mas o difícil é conviver com quem queremos bem”.

Liderança

Em breve, a Renovação Carismática fará a eleição para escolha dos novos coordenadores de grupos de oração, decanatos e estadual. O Espírito Santo vai suscitar no coração dos servos o nome daquelas pessoas que terão a missão de organizar e orientar a caminhada.

A pregação “Lideres pelo poder do Espírito Santo”’ com Márcio Mendes tocou em um ponto que às vezes incomoda: a coordenação nos grupos de oração. O missionário comentou sobre a diferença entre coordenação e liderança. Uma pessoa pode ser um líder excelente e um péssimo coordenador.

A característica do líder dentro da Igreja e na fé é daquela pessoa que é o primeiro que acredita. Como ele acredita, faz o que Deus lhe mostra, por isso Deus o coloca a frente e seu povo.

“Se você olhar para um lado e para outro, vai desanimar porque vai encontrar dificuldade, espinhos, pedras pelo caminho e gente dizendo que não vai dar certo. Olhe para Deus, aceita a escolha de Deus. Existe um tipo de tribulação que vem, nos ajuda e nos fortalece. E tem outro tipo que nos castiga quando nos afastamos de Deus. O povo se tornou escravo porque tinha se afastado de Deus”, disse Márcio Mendes.

michaeltaschen michaeltaschen