Uma pequena luva usada pelo padre Pio ficou exposta em nossa paróquia nos dias 20 e 21 de janeiro, sábado e domingo, o que chamou a atenção de centenas de fiéis que participaram das celebrações naquele fim de semana.

Durante sua homilia, na missa de domingo à noite, o padre Pedro falou sobre a importância da luva, dizendo que “o padre Pio é o santo de nosso século” e que “ele continua fazendo milagres”.

No final da celebração, o pároco pediu que os fiéis formassem duas filas no corredor central da paróquia para que fossem abençoados com a luva do santo.

O padre Pio foi agraciado com os estigmas da crucificação de Jesus quando tinha 30 anos e aquela luva foi usada por ele para proteger as chagas em suas mãos.

A relíquia pertence a uma família de Presidente Prudente, interior de São Paulo, e esteve exposta durante a celebração de cura e libertação no Santuário São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes, no dia 29 de dezembro. O padre Pedro, que participou da celebração, pediu que a luva fosse trazida também para a nossa paróquia, o que foi aceito pela família.

Padre Pio

Francisco Forgione nasceu no dia 25 de maio de 1887, em Pietrelcina, na Itália. Foi ordenado frei capuchinho em 1910. Tinha dons extraordinários, como o dom da cura, das visões e da bilocação, que é o carisma de estar em dois lugares ao mesmo tempo. Milhares de pessoas recorrem a ele em todo o mundo em busca de cura física e espiritual.

Padre Pio morreu no dia 23 de setembro de 1968 e foi canonizado pelo papa João Paulo II no dia 20 de dezembro de 2001. A Igreja Católica celebra a sua festa litúrgica no dia 23 de setembro.

Veja mais imagens na galeria:

pagina oficial de pandora pagina oficial de pandora