Profecias de cura foram suscitadas durante a quarta noite do nosso Cerco de Jericó, realizada dia 6 de setembro, quarta-feira, em nossa paróquia. Deus se utilizou do servo Antonio Carlos, o Tonhão, de Cornélio Procópio, como canal de graças para falar de Seu imenso amor por nós.

Com o tema “Levanta-me, Senhor”, Tonhão lembrou que precisamos abrir o nosso coração para receber o amor de Deus. “Nada vale se não tivermos uma experiência profunda com Deus. Ele quer nos colocar em pé. Por menor que seja a chama da nossa fé, Deus fará uma obra nela”, disse.

Muito emocionada, Eliete Campos Gonçalves, de 59 anos, moradora em Ipiranga, na região de Ponta Grossa, não esperava que fosse profetizada uma cura em sua vida. Ela veio para Londrina para fazer exames para uma cirurgia no estômago e como a filha participa do cerco, também decidiu participar.

“Estou arrepiada, não tenho nem condições de falar, mas ano que vem quero voltar para dar um depoimento”, disse Eliete.

O quarto dia do cerco em nossa paróquia, a exemplo dos outros dias, recebeu dezenas de visitantes de outras comunidades, mas desta vez havia também algumas pessoas das cidades de Assai e São Jerônimo da Serra, no Norte Pioneiro, que vieram especialmente para ouvir o pregador.

Tonhão comentou que cada vez que participa do nosso cerco sai fortalecido na sua fé e seu ministério. “Deus nos prometeu celeiros cheios e que veríamos milagres visíveis. Acabamos essa Santa Missa com milagres visíveis. Deus operando maravilhas no meio do povo. Volto para casa feliz por poder contribuir com o êxito do cerco”, disse.

A quinta noite do cerco será na próxima quarta-feira, dia 13, com a presença do padre Roberto Medeiros, do Santuário São Miguel Arcanjo, de Bandeirantes.

Veja o vídeo e as fotos de alguns momentos do quarto dia de Cerco:

canada goose online shop canada goose online shop