Você está aqui
Home > Notícias > 5º Retiro Paroquial das SMPs abordou o perfil do missionário

5º Retiro Paroquial das SMPs abordou o perfil do missionário

Dando continuidade a um grande projeto missionário iniciado na Arquidiocese de Londrina, foi realizado no dia 24 de agosto o 5ª Retiro Paroquial das Santas Missões Permanentes. O retiro contou com quatro formações, três abordando o perfil do missionário sob os diferentes aspectos. Durante o encontro também foi falado sobre a Semana Missionária, que ocorrerá em outubro.

A primeira formação foi o “perfil bíblico do missionário”, onde os participantes olharam através da vida de São Paulo Apóstolo e seu exemplo como grande missionário, sua história, os desafios da missão, sua postura firme ao anunciar Jesus.

Em um segundo momento, o perfil pastoral do missionário levou todos a refletirem as situações no dia a dia da vida da comunidade, lembrado que o primeiro anúncio não se faz apenas uma vez, mas deve ser feito repetidamente, pois é o anúncio principal. Lembrando que ser missionário é sair de si para ir ao encontro do outro.

Na conversão pastoral, como exorta o Papa Francisco, é necessário colocar em segundo plano tudo aquilo que não serve para chegar a todos com este primeiro anúncio. Tem mais importância a proximidade misericordiosa e o anúncio pessoa a pessoa, do que as preocupações com as estruturas, organizações, reuniões, discussões, entre outros.

O terceiro perfil foi o espiritual. A formação levou os participantes a aprofundar sua espiritualidade para que os trabalhos estejam alinhados no anúncio e conectados com Deus.

Também foi apresentado o 17ª Plano de Ação Evangelizadora que traz cinco urgências: Igreja em estado permanente de missão; Igreja: Casa da iniciação à vida cristã; Igreja: lugar da animação bíblica e vida da pastoral; Igreja: comunidade de Comunidades; e Igreja a serviço da Vida Plena para todos.

Aluysio Favaro, de 90 anos, participa desde o primeiro retiro e afirmou que gostou muito do retiro. “Foi muito proveitoso, mesmo para mim que tenho bastate conhecimento em teologia. Achei muito valioso no sentido de espiritualidade, convidar para uma aproximação maior com o Nosso Senhor. Gostei muito de todas as palestras, a insistência em pedir exemplos de como se vive e pratica essa missão.”

Os próximos passos da missão são a preparação da Semana Missionária, que ocorrerá de 18 a 24 de outubro, dentro do mês missionário extraordinário, chamado pelo Papa Francisco para ser realizado em todo o mundo.

“No retiro convocamos todas as pastorais a participar. Como a missão tornou-se permanente, todas as pastorais e grupos são chamados a viver em estado permanente de missão. Todas as suas ações durante o ano devem visar ir ao encontro do irmão”, comentou Marisa Colares, coordenadora das SMPs.

 

Depoimento   do missionário Aluysio Fávaro

“Na reunião missionária fomos incentivados, já no início das exposições, a viver a alegria de filhos de Deus e a demonstrá-la como missionários da boa nova que Cristo nos trouxe do Pai, pelo que ela significa para o homem e para o mundo e por ser o anunciado o próprio Deus do amor, nossa verdadeira felicidade.                  

No decurso das exposições foi apresentado como devemos nos dedicar à evangelização, deu-se ênfase à Exortação apostólica Evangelii Gaudium e à ação do maior missionário cristão, Paulo, o apóstolo dos gentios, e foram dados exemplos de como pode haver intercâmbio entre as pastorais, na ação missionária.

Foi, enfim, uma tarde de muitos e valiosos ensinamentos. Abençoados os que assumiram a tarefa de nos mostrar tantas coisas boas da vivência cristã e quanta felicidade, não sem o enfrentamento de dificuldades, nos pode proporcionar o anúncio do Evangelho.

Felizes também nós que deixamos de usufruir o descanso do sábado e, unidos no amor cristão, buscamos nos firmar nessa caminhada para nos envolvermos, sem esmorecimento, no anúncio do amor misericordioso de Deus, nosso Pai, antes de tudo por uma vida unida a Cristo, pelo exemplo e, sempre que possível, pela Palavra.

Graças a Deus estamos vendo, no Brasil, um grande movimento de evangelização, incentivam-no, sem dúvida, as palavras de nosso Santo Padre Papa Francisco e seu carisma apostólico. Tudo isso deve motivar nossa alegria, pois existe tanta coisa boa em nosso mundo, muito mais do que as tantas misérias e maldades propagada.”

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo