Você está aqui
Home > Notícias > Novo CPP começa a caminhada com a missão de dinamizar a vida pastoral

Novo CPP começa a caminhada com a missão de dinamizar a vida pastoral

Um novo ciclo se inicia na nossa comunidade com a escolha dos novos coordenadores de pastorais e movimentos, do CPP (Conselho Paroquial Pastoral), CEP (Conselho Econômico Pastoral) e Comissão de Festas.  Os novos coordenadores foram apresentados à comunidade no dia 3 de fevereiro quando consagraram a missão a Deus.

O pároco padre Bruno Áthila afirmou que, para esse novo CPP, espera envolvimento, criatividade e cuidado com a dinâmica da pastoral. “A pastoral revela a vivacidade de uma paróquia. A ideia é que as coordenações e o CPP, como um todo, possam tomar a frente na tentativa de dinamizar a vida das pastorais, estando atentos a vida e o trabalho pastoral”, disse o pároco.

Mirieli Simioni Lourenço é coordenadora do CPP, Dênison Utiyamada do CEP e da Comissão de Festas é Rodrigo Brassaroto Luppi. A mudança das lideranças ocorre a cada dois anos e para este novo ciclo há caras novas. “Tem uma mudança significativa. Estão entrando novas lideranças”, contou o padre.

“Deixo o agradecimento à todas as pessoas que aceitam as coordenações. Acho que as coordenações fazem muito, mesmo, muitas vezes, não tendo o incentivo dos co-irmãos”, afirmou. Padre Bruno avalia que a coordenação que se despede “soube reconhecer o papel do CPP como um órgão auxiliar do Ministério do pároco.”

LIDERANÇA

Na primeira reunião do CPP 2019 os coordenadores participaram de uma palestra com o psicólogo Mauro Duarte, doutor em psicologia pela USP e professor da UEL (Universidade Estadual de Londrina), que falou sobre o papel do líder. Segundo ele, a função de liderança é a função de um pai é necessário uma disposição de alma, requer uma abertura e uma grandeza.

O líder, assim como um pai, precisa saber delimitar as coisas e dar liberdade de escolha aos filhos, citando a parábola do Filho Pródigo (Lc 15, 11-32). “É dar liberdade com responsabilidade”, enfatizou.

 

PASSANDO O BASTÃO

Dênison Utiyamada passa o bastão e faz uma avaliação positiva desses dois anos. “Foi perceptível o empenho de cada coordenador de pastoral, movimento e serviço, que o fazem pensando em um único objetivo: o bem da paróquia”, ressaltou.

“Tive o privilégio de estar mais próximo dos párocos, iniciando com o padre Pedro e encerrando com o padre Bruno, duas pessoas que dispensam comentários. Eu só tenho a agradecer essa oportunidade.”

Ele destacou como principal ação deste período a conciliação. “Entendo que o coordenador do CPP deve sempre prezar pelo bom entendimento entre as pastorais. Superando essa barreira as ações veem naturalmente”, disse.

Ele também destaca a iniciativa da escola de música pela Pastoral da Música, a organização das salas, a Liturgia em uma sala mais próxima da igreja, uma capela no lugar de um depósito de objetos, a internet para a catequese, a reativação do site pela Pascom e as peregrinações para o Santuário de São Vicente Pallotti e de Aparecida.

NOVIDADES

A paróquia está organizando a vida da comunidade com objetivo de tornar a máquina mais transparente e enxuta para criar uma reserva para emergências. “Precisamos modernizar. Estamos com um CEP bem estruturado e temos o auxílio de um consultor do Banco Sicoob”, explicou padre Bruno. Logo haverá novidades.

 

Coordenação do CPP 

Mirieli Simioni Lourenço – coordenadora

Rosa Maria Machado Tóffolo – vice-coordenadora

Neusa Maria Ribeiro Martins – secretária

 

CONHEÇA OS NOVOS COORDENADORES DE PASTORAIS E MOVIMENTOS 

 

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo