Você está aqui
Home > Notícias > Padre Roberto “tá nem aí” para quem o chama de “lunático” (veja o vídeo)

Padre Roberto “tá nem aí” para quem o chama de “lunático” (veja o vídeo)

O padre Roberto Medeiros, que celebrou a missa no quinto dia do Cerco de Jericó em nossa paróquia, dia 13 de setembro, deu a entender que “não está nem aí” para quem o chama de “lunático”. O sacerdote, que já esteve em outros cercos em nossa paróquia, estava muito à vontade e aproveitou para fazer uma revelação de cunho pessoal ao citar quem se opõe ao seu jeito de ser.

“Me chamam de lunático por eu ver anjos, por proclamar curas e por construir um santuário daquele tamanho”, disse em referência ao Santuário São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes, onde é reitor. O santuário, aliás, completa cinco anos de dedicação este mês.

A primeira leitura do dia 13 de setembro foi extraída da carta de São Paulo aos Colossenses e trata, em síntese, em buscar as coisas do alto. E foi exatamente esse o ponto que o padre explorou em sua homilia.

Padre Roberto durante o Cerco de Jericó do dia 13 de setembro

Segundo ele, é até normal as pessoas serem chamadas de “lunáticas” quando buscam as coisas do alto, as coisas de Deus. “Se é assim, aqui (a igreja) é um hospício de Deus; e, obrigado Senhor, por eu ser lunático”, afirmou.

O padre ainda citou um detalhe contraditório em relação ao assunto. Ele disse que as pessoas que o chamam de lunático são as mesmas que, no momento do desespero, na hora que “o bicho pega”, pedem a sua intercessão.

Em outro momento, o padre Roberto destacou a necessidade da pessoa valorizar mais a vida espiritual. Segundo ele, há muita gente fazendo o contrário e, por isso, enfrenta muitas dificuldades na vida. “Se você buscar as coisas do alto, a sua vida vai mudar. Quem busca as coisas do alto, recebe as coisas do alto”.

O padre também quis saber se na comunidade havia o terço dos homens. Ao saber que não, ele sugeriu que este terço fosse criado para “o bem da própria família”.

A missa terminou com a Procissão com o Santíssimo que percorreu os corredores da paróquia e o salão do Centro Comunitário, que estava completamente lotado. Inúmeras curas foram anunciadas durante a procissão. (veja vídeo sobre a procissão).

A celebração do quinto dia do Cerco de Jericó em nossa paróquia contou com a presença de quase mil pessoas.

Veja o vídeo e as fotos do quinto dia de Cerco de Jericó:

  michaeltaschesale michaeltaschesale

Artigos similares

Deixe uma resposta

Topo